Não há amanhã

Não há amanhã

R$ 49,00
. Comprar  
Autor: Gustavo Melo Czekster

Sinopse: Dotado de uma voz personalíssima e urdindo argumentos inesperados, Czekster engendra, neste livro, um caleidoscópio de estórias que transformam e refratam umas às outras, à medida que a leitura avança. Os contos desse livro podem ser lidos como uma série de pesadelos interligados, sob a toada de alguns temas recorrentes. Uma das facetas desse pesadelo múltiplo é o antigo vanitas vanitatum do Eclesiastes: a efemeridade das coisas humanas; outra face, menos explícita, talvez seja a autorreflexão perturbadora da própria literatura ‒ ou, num sentido mais amplo, o poder ao mesmo tempo criativo e caótico da imaginação, com suas constantes tentações de esperança e desespero.
Se, às vezes, Czekster parece flertar com certo realismo urbano, à Rubem Fonseca, os meandros de seu texto logo reafirmam sua filiação à literatura fantástica, na imortal tradição de Poe e Maupassant. Os personagens de Czekster movem-se em um mundo sempre à beira da dissolução, da implosão ou do oblívio; é como se cada instante de suas existências fosse ameaçado por uma confluência de forças soturnas e absurdas.


160 páginas - 16x23cm - ISBN 9788580490466 - 1ª edição

Prêmio Açorianos de Literatura 2017 - vencedor da categoria Conto.

Prêmio AGES Livro do Ano 2018 - vencedor da categoria Narrativa curta /
 Melhor livro do ano.

Prêmio Jabuti 2018 - finalista da categoria Conto.

 
Saiba tudo sobre o Não há amanhã no BLOG 
Veja também