Lícidas

Lícidas

R$ 32,00
. Comprar  
Leia aqui a primeira parte do livro.

Autor: Leonardo Antunes

Sinopse: "Lícidas" é uma peça ambientada na Atenas Clássica, escrita pelo poeta, professor e tradutor Leonardo Antunes a partir de um episódio narrado brevemente por Heródoto no Livro IX das "Histórias".  Logo depois da Batalha de Salamina, Mardônio, comandante persa, envia um embaixador de nome Miríquidas para oferecer aos atenienses uma oferta de paz. É aí que surge Lícidas, um membro do conselho dos atenienses.
Não se sabe que uso o público de Heródoto teria feito desse  episódio. O próprio historiador não deixa de aludir, rapidamente, à ironia de condenar um cidadão de Atenas e devolver o inimigo ileso à sua terra. Sabemos que, posteriormente a Heródoto, outros autores se serviram desse relato ou similares para elogiar a aguerrida e intransigente inclinação dos atenienses para a liberdade, que se refletia nos combates contra os invasores persas. Não se questionam as deliberações do povo, uma vez que age em conjunto visando ao bem coletivo. Nesses panegíricos, estaria implícito o princípio de que a decisão da maioria, nascida da deliberação coletiva, é capaz de alcançar melhores soluções do que o governo de um homem só.
Livre de qualquer romantismo atribuído à democracia ateniense, o autor Leonardo Antunes resgata o triste fim de Lícidas e faz dele uma alegoria política em que sobressai a triste constatação de que a vontade popular pode ser violenta, equivocada, inclemente, em vez de unicamente um receptáculo de virtudes em prol de uma vida melhor.
Não bastasse a singularidade imagética do autor a forma que ele usa para recriar esse episódio vale a leitura, já que  as falas são todas em decassílabos e há trechos corais em versos polimétricos.

Sobre o autor: Leonardo Antunes (São Paulo, 1983) é poeta, tradutor e professor de língua e literatura grega na UFRGS. É autor de “João & Maria – Dúplice coroa de sonetos fúnebres” (Editora Patuá), que recebeu os prêmios AGES (melhor livro de poesia) e Açorianos (melhor livro de poesia e livro do ano). Tradutor do “Édipo Tirano” de Sófocles (Editora Todavia), atualmente dedica-se a uma tradução da “Ilíada” de Homero em decassílabos duplos.

14x21 - 72 páginas - ISBN 978-85-8049-092-3
Veja também